.

segunda-feira, 7 de junho de 2021

É possível usar o cartão de crédito para alugar um imóvel?

By With Nenhum comentário:

Seja porque você está com pouco dinheiro ou porque deseja obter mais recompensas no cartão de crédito, alugar um apartamento em Sp utilizando o seu cartão de crédito pode ser bem tentador. Atualmente, é possível realizar este tipo de transação envolvendo o aluguel de casa, mas é preciso estar atento a alguns pontos e avaliar se realmente isso é uma boa ideia para você. 


AUMENTO NA PANDEMIA: Durante a pandemia, o número de locatários que pagam aluguel de casa com cartão de crédito aumentou. Nos seis primeiros meses de 2020, houve um aumento de quase 50% em comparação com o mesmo período de 2019. 


É POSSÍVEL ALUGAR UM IMÓVEL COM CARTÃO DE CRÉDITO: Muitos proprietários se recusam a aceitar cartões de crédito como método de pagamento, na hora de alugar um imóvel. Mas se você fizer pagamentos mensais de aluguel para uma grande administradora de imóveis ou usar um serviço de terceiros, talvez consiga fazê-lo.


ENTENDENDO AS REGRAS: Caso você opte pelo cartão de crédito e a imobiliária, ou até mesmo o proprietário do imóvel, aceitem existem 2 condições necessárias, normalmente avaliadas antes da assinatura do contrato. 


Limite de Crédito: O primeiro ponto a ser avaliado é se o seu cartão de crédito possui limite igual ou maior a 3 vezes o valor do aluguel. Por exemplo, se o seu aluguel é de R$ 1200.00 por mês, seu limite no cartão de crédito deverá ser, no mínimo, de R$ 3600 reais. 


Extrato bancário: Também de maneira prévia, será preciso apresentar um extrato de gastos do seu cartão de crédito – normalmente dos últimos 2 meses que antecedem a assinatura do documento. Desta maneira, é possível que a imobiliária consiga avaliar a sua movimentação financeira para atestar se você possui condições para arcar com o aluguel de casa. 

Foto reprodução: Freepik


Taxas de juros: É preciso estar atento também às taxas de juros que, normalmente, as instituições financeiras cobram das imobiliárias que aceitam este tipo de transação. É muito provável que ao alugar um imóvel com o pagamento via cartão de crédito, você precise arcar com o valor da taxa de juros também, requerida para este tipo de cobrança. 


FIADOR, SEGURO FINAÇA E AFINS: Se alugar um imóvel com cartão de crédito é possível, pagar as taxas que envolvem as garantias que a imobiliária solicita nem sempre são. Caso você não possua um fiador para se “responsabilizar” em momentos emergenciais, o seguro-fiança ainda poderá ser descontado junto a sua fatura mensal, porém, se a opção for o valor caução, por exemplo, que inclui o pagamento à vista de 3 parcelas adiantadas do valor do aluguel, o mesmo deverá ser feito em dinheiro – ou no débito ou no boleto bancário -. 


FIQUE LIGADO: Ao avaliar se você deve ou não pagar o aluguel com cartão de crédito, lembre-se das vantagens e desvantagens. É possível, por exemplo, ser capaz de colher recompensas com cartão de crédito cobrando o pagamento do aluguel, mas pode estar acumulando mais dívidas com cartão de crédito ao mesmo tempo. Faça a si mesmo a seguinte: colocar um pagamento de aluguel em um cartão de crédito fará sentido a curto prazo, mas será prejudicial a longo prazo? A resposta a essa pergunta pode ajudá-lo a decidir se deseja realmente alugar um imóvel nestas condições de pagamento. 


NÃO SE ESQUEÇA: Seja qual for sua decisão, lembre-se de seu crédito e saúde financeira. Se as condições estiverem a seu favor e for feito com responsabilidade, pagar o aluguel com cartão de crédito pode ajudá-lo a aumentar o crédito e até mesmo economizar algum dinheiro. É possível, no entanto, que isso possa esticar suas finanças e fazer com que você acabe sob uma montanha de dívidas, portanto, tenha responsabilidade para decidir qual é a melhor opção para o pagamento do aluguel de casa. 


Quer saber mais sobre como funciona o processo para alugar um imóvel? Ou saber qual é a documentação necessária envolvida neste processo? Então siga nossos perfis nas redes sociais e fique por dentro de todos os nossos conteúdos exclusivos. 

sexta-feira, 28 de maio de 2021

PicPay vai aumentar suas taxas de transferências e pagamentos a partir de junho/2021

By With Nenhum comentário:

O Picpay é um dos aplicativos mais conhecidos do país e vem se popularizando, com investimentos em publicidade por meios de canais de comunicações feito pela empresa.


A companhia, a partir de 04 de junho de 2021, fará alterações em suas taxas de pagamentos, de contas pagas pelo cartão de crédito e valores diários de transferências.


Taxa de pagamento por boleto


A partir da primeira semana de junho/2021, todo boleto pago no aplicativo com cartão de crédito, terá taxa de 3,09%.


O aumento não foi tão grande, pois a tarifa atual é 1,99%, mas sinaliza que a empresa está fazendo mudanças no seu plano de negócios,  o que abre precedentes para mudanças futuras.



Transferência de dinheiro para contatos


A partir de junho/2021, o limite diário de transferência de dinheiro para contatos sem pagar taxas, passará de R$ 800 para R$ 600 por dia. O que exceder isso, terá acréscimo de 3,59%, quase o dobro da tarifa praticada atualmente, que é de 1,99%.


O Picpay não fez muito alarde sobre as modificações, mas alterou discretamente as informações em seu site oficial. Com isso, pode ser que o cliente tenha uma má experiência de uso e isso pode causar desconforto nos consumidores.


Fonte: https://tecnograna.com.br/noticias/picpay-aumento-taxas/

segunda-feira, 17 de maio de 2021

Nubank está com nova identidade visual

By With Nenhum comentário:

A Nubank enviou um comunicado a todos os seus clientes informando sobre a mudança em sua logomarca. Essa alteração vem em um momento onde a Nubank se tornou o maior banco digital do mundo. A logomarca será usada em todos os canais de comunicação da empresa e seus mais de 38 milhões de clientes.


Cristiana Junqueira, cofundadora do Nubank, disse que a mudança ocorreu para refletir o novo momento do banco e mostrar que a instituição amadureceu durante seus oito anos de existência. Uma das pioneiras em ofertas de bancos com estrutura digital, a empresa continua sua expansão no México e na Colômbia, locais onde a organização chegou em março e setembro de 2020, respectivamente.


A companhia disse que dentro de alguns meses, a logomarca deve ser atualizada em todos os pontos de contato com o público e a alteração irá refletir no blog, aplicativos, email e cartões que serão enviados aos clientes.

Foto divulgação: Nubank



Mudanças em breve no Nubank


A Nubank anunciou que nas próximas semanas, fará alterações na tela inicial de seu aplicativo, para torná-lo mais funcional e intuitivo, mas eles não deram mais informações de como será os ajustes.


Fundado em 2013, o banco digital registrou em 2020 a marca de 1 milhão de clientes por mês e sua base de usuários aumentou em 50%. O banco já possui consumidores espalhados por todas as cidades brasileiras, e informa que teve economia de R$ 20 bilhões ao dispensar taxas de cartão de crédito, transferências e manutenção de conta.


Fonte: https://canaltech.com.br/apps/nubank-anuncia-nova-identidade-visual-para-marcar-momento-de-consolidacao-185111/

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Banco Neon encerrará contas PJ de todos seus clientes esse mês

By With Nenhum comentário:

O banco Neon divulgou um comunicado informando que encerrará as contas PJ de seus clientes a partir de 17 de maio de 2021.


No aviso, consta que o saldo deve ser transferido para outras contas até a data limite, para não haver perdas.


De acordo com eles, o fechamento da conta "se faz para focar em outras frentes de negócios".



De fato, a conta jurídica do Neon estava praticamente abandonada nesses últimos anos. Para gerar um boleto, por exemplo, é cobrada uma taxa de R$ 2,90 e a falta do PIX deixou a conta obsoleta, em comparação com outras contas do mercado.


Se você for MEI e quiser abrir uma conta PJ, recomendamos abrir no Banco Inter ou no C6 Empresas;


Fonte: https://tecnograna.com.br/noticias/fim-neon-pejota/ 

segunda-feira, 10 de maio de 2021

iti Itaú atinge a marca de 6 milhões de contas abertas

By With Nenhum comentário:

A conta digital iti do Itaú, atingiu em abril, a marca de 6 milhões de contas abertas.


O diretor do iti Itaú, João Araújo, disse que o banco segue na missão de ajudar as pessoas a prosperar e que o crescimento foi muito expressivo, deixando-os muito entusiasmados para o futuro.


Vale ressaltar que tem só um ano e meio de operação, desde que abriu para o grande público, no segundo semestre de 2019.



A proposta da conta de pagamentos é oferecer processos financeiros para quem não tem conta em banco. Para abrir uma conta, não é necessário comprovação de endereço e nem de renda, sendo possível fazer tudo digitalmente, fazendo todo o processo em menos de quatro minutos.


Também não precisa ter conta em banco ou ser cliente do banco. Segundo pesquisa, 84% dos usuários do iti não tem conta no Itaú.


Além disso, o iti fornece cartão de débito Visa Platinum sem custos, e um cartão de crédito sem anuidade


Fonte: https://tecnograna.com.br/noticias/iti-seis-milhoes-clientes/

terça-feira, 27 de abril de 2021

Conheça a plataforma de investimentos do C6 Bank

By With Nenhum comentário:

Fundos de investimento – C6 Bank oferece mais de 200 opções de fundos de investimento no app, com aporte inicial a partir de R$ 1

Renda variável – o app do C6 Bank oferece a opção de compra e venda de ações negociadas na Bolsa de Valores

Conta Global de Investimentos – para clientes de alta renda, banco oferece conta global de investimentos, com saldo em dólar

Renda fixa – a plataforma do C6 Bank oferece opções de CDB pré-fixados, pós-fixados ou atrelados à inflação


Fundos de investimento


Em menos de dois anos após o início das operações, o C6 Bank superou a marca de 200 fundos de investimento no aplicativo do banco. São produtos de cerca de 50 gestoras, com aplicação mínima de R$ 1.


A estratégia dos fundos do banco contempla investimentos nos mercados de juros, moedas, commodities e ações negociadas em bolsas. 


A plataforma de investimentos do C6 Bank também disponibiliza fundos imobiliários. Todos os mais de 300 fundos imobiliários negociados na B3 estarão disponíveis na plataforma do banco. Essa é uma das modalidades de investimento que mais se popularizaram nos últimos tempos no Brasil, principalmente entre os investidores mais conservadores, que passaram a buscar uma diversificação maior na carteira em um ambiente de juros baixos.


Quatro fatores ajudam a explicar o sucesso desses fundos. O primeiro é a liquidez, muito superior à de um ativo real, pois são negociados em bolsa. Também são uma forma barata de investir em imóveis sem ter de adquirir um. A partir de 100 reais já é possível comprar uma cota de um fundo desse tipo. Para completar, o C6 não cobra custódia nem taxa de corretagem para fundos imobiliários. Por último, são isentos de imposto de renda e rendem dividendos recorrentes.


Segundo Romildo Valente, head da área de investimentos do C6 Bank, os fundos que têm estratégia de geração de renda — os mais comuns do mercado — são obrigados a transferir para os cotistas pelo menos 95% dos ganhos com os aluguéis. “Você compra uma cota e o dinheiro vai pingando todo mês, proporcionalmente à sua fatia. Essa vantagem tem atraído os investidores conservadores, que tinham boa parte do patrimônio aplicado em imóveis”, explica Valente.


Outra grande novidade na plataforma do C6 Bank são os fundos de previdência privada. O banco fechou uma parceria com a Icatu, líder desse segmento, para oferecer 24 fundos, todos com opção VGBL e PGBL.



A principal diferença entre um e outro é a tributação. Enquanto no VGBL o Imposto de Renda (IR) incide apenas sobre os rendimentos, no PGBL o imposto incide sobre o valor total a ser resgatado ou recebido em forma de renda. Esse último é indicado para quem declara o IR pelo formulário completo. Já o outro é indicado para quem faz a declaração simples.


Um dos atrativos desse tipo de fundo é o valor mínimo para investimento, de apenas R$ 100. “Construímos uma solução sob medida para o nosso cliente. Simplificamos os fluxos, tornando a contratação mais simples e transparente. Previdência costuma ser um investimento mais complexo”, diz Valente.


No aplicativo do banco, também há oferta de fundos para investidores qualificados, aqueles clientes que têm aplicações financeiras iguais ou maiores do que R$ 1 milhão.


Esses investidores podem aplicar em um dos aproximadamente 20 fundos exclusivos para esse perfil de cliente. A estratégia do C6 Bank é ampliar as opções disponíveis para este público, fazendo uma curadoria eficiente e criando uma oferta bastante competitiva no mercado.


Os fundos focados em empresas que adotam boas práticas de governança corporativa, sociais e ambientais (ESG, na sigla em inglês) também estão na prateleira de investimentos do C6 Bank. Os clientes já contam com quatro alternativas de fundos de ações que fazem parte desse grupo e a ideia é ampliar a oferta daqui para frente.  


As aplicações iniciais variam de R$ 100 a R$ 20 mil e as taxas de administração ficam entre 1,38% e 2,5% ao ano. Alguns deles também cobram uma taxa de performance quando a rentabilidade supera um indicador pré-estabelecido, como o Ibovespa, por exemplo. 


Em geral, os fundos de ações são uma boa alternativa para quem busca diversificação da carteira de investimentos e quer aumentar a exposição à renda variável. Por definição, esses fundos têm no mínimo dois terços do patrimônio investidos em ações e quem decide a hora de comprar ou vender é um gestor profissional.  


Dentro dessa modalidade, os fundos que investem em companhias com políticas sustentáveis têm se mostrado uma boa opção de investimento. Uma pesquisa do Morgan Stanley com dados do primeiro semestre de 2020 mostrou que o retorno médio de fundos ESG superou em quase quatro pontos percentuais o de fundos tradicionais.   


No Brasil, os números envolvendo a nova sigla vêm crescendo.  Em janeiro de 2021, o patrimônio líquido aplicado em fundos de ações ESG chegou a R$ 830,4 milhões, segundo relatório da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). Isso representa um crescimento de 48% em relação ao mesmo período do ano passado e de 90% em comparação a janeiro de 2019. 


Para acessar a plataforma de investimentos, basta seguir, no app, o caminho Investimentos > Catálogo de produtos > Fundos.


Renda variável


No C6 Bank, é possível investir em renda variável, comprando e vendendo ações de empresas listadas na bolsa brasileira, no próprio aplicativo do banco. Isso significa que, no mesmo app em que o cliente paga seus boletos, envia PIX ou acessa a fatura do cartão, ele consegue também investir seu dinheiro em companhias abertas.   


A plataforma de investimentos do banco foi pensada para ser simples e para que todas as operações possam ser feitas no mesmo lugar, sem a necessidade de acessar um outro app para aplicar os recursos, seja em renda variável, fundos, renda fixa ou previdência. Não há taxa de corretagem.  


Confira abaixo o passo a passo para comprar ações no aplicativo do C6 Bank:


Passo 1: Ao entrar no aplicativo do C6 Bank, disponível na Apple Store e na Google Play Store, toque no ícone investimentos e, em seguida, em investir.   


Passo 2: A próxima tela mostrará as opções de renda fixa, fundos, renda variável e previdência. Toque em renda variável; se for o primeiro acesso nesta área do aplicativo, você terá que preencher um cadastro na corretora e fornecer informações complementares que farão o banco conhecer melhor seu perfil de investidor  


Passo 3: Na tela de renda variável, digite no campo de busca o código da ação que deseja comprar ou escolha entre os papéis que aparecem na plataforma 


Passo 4: Ao lado da ação escolhida, duas colunas indicam o preço de compra e o de venda. Basta clicar no preço de compra, ver os detalhes daquele papel e tocar no botão comprar


Passo 5: Nesta tela, você informa quantas ações vai comprar e envia a ordem   


Passo 6: Para finalizar, basta digitar a senha e validar o token   


Para vender uma ação, o caminho é praticamente o mesmo. Um dos diferenciais da plataforma do C6 Bank está em apresentar aos clientes as opções de compra e venda de uma ação na mesma tela.  


Depois que a compra é concluída, é possível acompanhar pelo aplicativo o andamento da ordem e a execução da operação. É só acessar o ícone investimentos, na tela inicial e, em seguida, entrar em meus investimentos.   


Conta internacional de investimentos     


Investidores brasileiros terão acesso a bolsas de valores e fundos do mundo inteiro pelo app do banco; plataforma inédita no Brasil mira clientes de private bank     


O C6 Bank lançou uma plataforma de investimentos inédita no Brasil, que fará com que clientes de alta renda tenham acesso a ativos do mundo inteiro diretamente pelo aplicativo do banco. Quem tiver uma conta global de investimentos no C6 Bank vai poder comprar e vender ações em bolsas de valores como a Nasdaq e a NYSE, investir em produtos de renda fixa mais sofisticados, como os bonds, e em fundos estrangeiros. A conta tem saldo em dólares e está sediada na agência do C6 Bank nas Ilhas Cayman.  


Com a Conta Global de Investimentos, o C6 Bank deve alcançar um público com maior capacidade de investimento e mais tolerante a risco, hoje atendido pela área de private banking ou pelo segmento premium de bancos tradicionais. “Com o lançamento da Conta Global de Investimentos, posicionamos nossa plataforma de investimento de maneira extremamente competitiva, com uma oferta atraente para o cliente de alta renda”, diz Romildo Valente, chefe da área de investimentos do C6 Bank.  


A plataforma nasce com cerca de 50 fundos mútuos, com aplicações mínimas a partir de US$ 1.000, e fundos de hedge, em que o investimento mínimo é de US$ 250 mil. No segundo semestre, a prateleira estará completa, com ações e bonds. Para ter acesso a esses ativos, é preciso antes abrir uma conta internacional no C6 Bank e fazer uma remessa em dólar. A primeira remessa mínima para a Conta Global de Investimentos é de US$ 10 mil; as remessas sucessivas partem de US$ 1.000. A curadoria dos ativos que estarão disponíveis na plataforma e a recomendação de ações serão feitas por parceiros com expertise global. O número de fundos será ampliado nos próximos meses.  


O processo é mais simples e vantajoso do que as opções disponíveis no mercado brasileiro para quem quer investir fora do país e ir além das aplicações em moedas estrangeiras, BDRs (certificados que representam ações de empresas do exterior) e ETFs (fundos de índice). Até o lançamento da conta global de investimentos do C6 Bank, para ter acesso a essa variedade de ativos do mercado internacional, era necessário abrir conta em uma corretora ou banco estrangeiros. Mesmo no segmento de private banking, o acesso a hedge funds é restrito, por serem fundos com poucas janelas de captação e com foco limitado nos clientes de varejo.  


Agora, é possível acessar esses produtos pelo mesmo aplicativo do C6 Bank onde o cliente mantém seus investimentos em reais, a conta corrente e o cartão de crédito. Outra vantagem é a tributária. O investidor paga 0,38% de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) na hora de fazer a remessa para a conta no exterior e o Imposto de Renda só é descontado quando o dinheiro volta para o Brasil. O spread cambial da Conta Global de Investimentos é de 1%, uma das menores taxas do mercado. 


A nova oferta do banco chega no momento em que os investidores brasileiros têm olhado com mais interesse para a diversificação de portfólio por meio de aplicações no mercado externo, seja por causa da taxa de juros brasileira, que vinha em uma sequência de quedas nos últimos seis anos, ou mesmo para proteger a carteira das variações na economia interna. 


Todo cliente receberá tratamento vip e será orientado por um assessor de investimentos que vai ajudar com os primeiros passos no mundo dos investimentos no exterior, além de indicar as melhores oportunidades lá fora de acordo com cada perfil. 


Desde seu lançamento, o C6 Bank vem incrementando sua plataforma de investimentos com opções para todos os perfis de investidores. Pelo app, é possível comprar e vender ações na bolsa brasileira, aplicar em CDBs (Certificados de Depósito Bancário), fundos de previdência, FIIs (Fundos de Investimento Imobiliário), ETFs, BDRs e em mais de 150 fundos. Há desde CDBs com aplicação mínima de R$ 20 até fundos para investidores qualificados (com aplicações financeiras em valor igual ou superior a R$ 1 milhão). 


O custo da Conta Global de Investimentos para o cliente é de US$ 500 por ano, mais uma taxa de 0,1% a 0,6% sobre o valor enviado para a conta no exterior. No caso dos fundos, há também um custo de transação, que é de US$ 28 para investir ou fazer o resgate.   


Renda fixa


Em abril de 2021, o C6 Bank passou a oferecer aos clientes uma opção de investimentos que tem entre seus objetivos proteger o patrimônio de altas inflacionárias. O banco lançou o CDB IPCA pós-fixado, com prazos de um a cinco anos. O emissor é o próprio C6 Bank e a aplicação mínima é de R$ 100. 


Os Certificados de Depósito Bancário são títulos de renda fixa emitidos por uma instituição financeira. No vencimento, o banco devolve o dinheiro investido e remunera o investidor com uma taxa pré-definida. No caso do CDB IPCA+ o rendimento é o próprio IPCA, mais uma taxa que varia de acordo com o prazo.  


Nos últimos meses, os preços vêm subindo de forma acelerada no Brasil, o que levou o Banco Central a elevar a taxa básica de juros da economia. “Investir em um título atrelado à inflação é uma forma de garantir o poder de compra ao longo dos anos e proteger o patrimônio”, diz Romildo Valente, head da área de investimentos do C6 Bank.   


Além da opção de investimento atrelada à inflação, a prateleira de renda fixa do C6 Bank também conta com CDBs pós-fixados com diferentes opções de vencimento, desde os certificados com liquidez diária até produtos com resgate em cinco anos. Entre as opções de CDB pré-fixadas, os vencimentos variam de seis meses a cinco anos.


O investimento inicial mínimo em CDBs do C6 Bank é de R$ 20 (para a opção pós-fixada com liquidez diária).


Fonte: Assessoria de Imprensa - C6 Bank

domingo, 25 de abril de 2021

Elo e Picpay lançam promoção de cashback de até 50% de volta em compras online até 15 de maio de 2021

By With Nenhum comentário:

A Elo, junto com o Picpay, anunciou uma promoção que dará até 50% de cashback de volta em compras onlines feitas em parceiros. A oferta é válida até 15 de maio de 2021.


A promoção pode ser ativada pelo aplicativo do Picpay. Desse jeito, você poderá pagar suas compras com cartão Elo em estabelecimentos virtuais e produtos como crédito para games, cerveja, eletrodomésticos, presentes criativos e vestuários.

Foto reprodução: https://kontaazul.com.br/


As compras nos sites CodaShop e Recarga Jogo, devolvem até 50% do valor gasto, limitado a R$ 45 de volta. Para lojas Mizuno, Under Armour, O Clube do Malte e Imaginarium dão 45% do valor gasto de volta, limitado a R$ 45. E por fim, produtos a vendas na Consul, Brastemp e Compra Certa retornam 40% de volta, limitado a R$ 100.


É importante dizer que o cliente que possui cartão Elo, pode aproveitar outras ofertas e promoções.  Elas dispõe de prêmios que dão créditos, que o consumidor pode gastar como desejar.


Fonte: https://editalconcursosbrasil.com.br/noticias/2021/04/promocao-cashback-de-ate-50-em-compras-virtuais-com-elo-e-picpay/ e https://exame.com/bussola/elo-e-picpay-devolvem-ate-50-do-valor-gasto-em-compras-virtuais/