.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Golpe de phishing envolvendo PayPal rouba dados de cartão de crédito dos usuários

By
Um novo golpe de phishing está disseminando-se por toda a internet, sendo um alerta para todos os usuários que possuem conta no PayPal, plataforma de pagamento online que é aceita em diversos países e sites de comércio eletrônico.

A fraude divulgada também rouba dados do cartão de crédito do usuário e captura informações pessoais sobre o cadastro realizado dentro da plataforma, o que o torna o alerta ainda maior para que os utilizadores do serviço não sejam prejudicados.

Como age o novo golpe aos usuários do PayPal?


O golpe de phishing para os clientes PayPal permite que sejam descobertas as informações de acesso dos usuários, como login e senha, além de dados pessoais dos consumidores, incluindo todas as informações do cartão de crédito cadastrado na plataforma, utilizado para a realização dos pagamentos.

Foi descoberta a fraude no final de dezembro de 2019 por meio de um grupo de pesquisadores que identificaram uma campanha de phishing enviando e-mail aos consumidores indicando que a conta havia passado por uma movimentação incomum de determinada pessoa, solicitando que o internauta realize o acesso na plataforma para que haja a devida proteção de seu cadastro, colocando seu login e senha.

O link para o acesso do usuário é disponibilizado no próprio e-mail, fazendo com que o usuário, ao clicar na página, seja enviado para um destino de phishing criado com total semelhança ao site tradicional, sem qualquer divergência da página de login original do PayPal.

Após o usuário realizar o login da plataforma fake, são solicitadas algumas informações para uma verificação de conta, exigindo que o internauta insira alguns dados pessoais para passar ao próximo passo, dados como endereço de cobrança, endereço de e-mail e cartão de crédito utilizado. Ao finalizar o processo, é mostrada a tela que a conta do PayPal foi restaurada com sucesso.

A página criada de maneira falsa é bastante parecida com a página original do PayPal, inclusive com o Secure Sockets Layer, um cadeado verde que é mostrado juntamente à URL, para indicar aos usuários que o ambiente é seguro. A página pode passar despercebida de fraude pelos usuários mais desligados, ainda que contenha alguns erros de ortografia.

Como evitar o golpe do PayPal?


Primeiramente é necessário atentar-se aos e-mails que são recebidos, quais os destinatários dos mesmos e a veracidade as informações constadas. A realização de uma verificação de segurança desse gênero por muitas plataformas é difícil, porém em épocas de alto consumo, como as festas de final de ano e agitação de começo de ano, é comum que os usuários caíam nesse tipo de golpe.

Ao acessar um site por meio de link no e-mail, é indicado observar todas as informações que podem considerar a veracidade do site. Além disso, o usuário também deve controlar todos os gastos que são executados com o cartão de crédito, monitorando as transações realizadas para que nenhuma compra desconhecida seja posteriormente identificada ou até mesmo seja quitada sem ser vista.

xxx




Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário