.

sábado, 28 de março de 2020

Com pandemia, compras com cartão de crédito reduzem em 50%

By
O mundo está passando por uma pandemia e o setor da economia é diretamente afetado. Hábitos de consumo são modificados e até mesmo melhores planejamentos financeiros são traçados por diversas famílias, estas que muitas vezes priorizam a compra de alimentos e outros itens necessários para sua sobrevivência e deixam para segundo plano as aquisições por luxo ou entretenimento.

O uso do cartão de crédito foi bruscamente reduzido pelos consumidores devido à situação atual do mundo. Segundo a Elo, o uso desse método de pagamento foi reduzido em 50%, ao comparar o mês de março de 2020 com o mesmo período anterior em 2019.

Quais os setores do mercado mais afetados?


Com a redução do uso de cartão de crédito, alguns segmento de mercado são mais afetados por essa redução de custos e uso no método de pagamento, sendo o turismo a principal área, sofrendo a inutilização de 83% do cartão de crédito em comparação com o mesmo período do ano anterior. Com a pandemia pelo mundo, o setor do turismo é o principal a ser inutilizado pelos usuários.

Outros segmentos de mercado também sofreram uma diminuição abrupta de faturamento em cartão de crédito, assim como bares e restaurantes que totalizam 71% negativos, além de lojas de departamento, também com a mesma porcentagem. Lojas de materiais de construção também apresenta redução de 56%.
Foto reprodução: Pixabay/AhmadArdity 

Não somente tratando-se de lojas físicas, também é possível notar uma significante diminuição na utilização do cartão de crédito para compras em comércios eletrônicos, totalizando 35%, ainda que alguns setores de mercado na comercialização online tenham faturado mais em comparação com 2019, assim como os bares e restaurantes com elevação de 85% do faturamento e mercados com uma menor porcentagem, 17% de aumento.

Setor de supermercados destacando-se com compras de cartão de crédito


Pela alta demanda em supermercados, que são praticamente os únicos estabelecimentos autorizados para funcionamento em muitas cidades com o decreto de isolamento por conta da pandemia que instala-se no momento, houve o crescimento do faturamento para esse setor.

É possível notar que as compras em supermercados, com cartão de crédito, cresceram 83%. Houve, também, aumento das aquisições com cartão de débito nesses estabelecimentos, totalizando 50% adicionais. Esses dados foram coletados no dia 19 de março e, desde então, sofreram uma pequena queda, ainda que a comercialização nesse setor ainda seja bem mais alta em comparação com o ano passado.

Veja dicas de como trabalhar Home Office pela internet direto de sua casa, no conforto do seu lar!




Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário